A Apple iniciou a comercialização no mercado brasileiro dos recentemente divulgados iMac e MacBook Pro, que vêm equipados com os poderosos processadores da família Apple M3. Esses computadores, revelados durante o evento “Scary Fast” no final de outubro, chegam ao Brasil cerca de duas semanas após o anúncio. A nova linha compreende um novo iMac, com preços a partir de R$ 14.499, e o MacBook Pro, cujos preços começam em R$ 18.499.

O destaque principal recai sobre o chip Apple M3, que, embora não tenha introduzido mudanças drásticas conforme as expectativas de alguns usuários, se diferencia principalmente pelos avançados processadores e algumas melhorias sutis, como a implementação do Wi-Fi 6E.

Os chipsets da série incluem os modelos Apple M3, M3 Pro e M3 Max, todos fabricados com um processo de 3 nanômetros. Os modelos mais avançados possibilitam a expansão da memória até 128 GB. Adicionalmente, os processadores M3 apresentam melhorias notáveis, especialmente na GPU. O M3 base, com uma CPU de oito núcleos e GPU de 10 núcleos, demonstra um aumento de desempenho de 35% na CPU e 65% na GPU em comparação com o M1.

O M3 Pro oferece maior desempenho com 12 núcleos de CPU e uma GPU de 18 núcleos, adequado para tarefas mais intensas, enquanto o M3 Max, com 16 núcleos de CPU e uma GPU de 40 núcleos, proporciona até 50% mais velocidade que o M1 Max, suportando até 128 GB de memória unificada. Essas melhorias são acompanhadas por tecnologias avançadas, como ray tracing e mesh shading, elevando consideravelmente a experiência gráfica em jogos.

A eficiência energética também recebeu atenção, com a promessa de até 22 horas de autonomia de bateria nos novos MacBook Pro. Além disso, os modelos MacBook Pro com M3 Pro e M3 Max foram lançados em uma nova cor, denominada Preto-espacial, enquanto a versão Cinza-espacial foi descontinuada. No caso do iMac, não houve mudanças significativas além do novo chipset. Em suma, se você já possui um MacBook Pro de 24 polegadas com processador Apple M1, pode ser que não haja motivos substanciais para fazer um upgrade.

Os consumidores interessados já podem adquirir os novos MacBook Pro de 14 e 16 polegadas, assim como a nova geração do iMac, por meio do site oficial da Apple. As opções de personalização incluem mais armazenamento, memória compartilhada adicional ou um processador mais potente para os modelos MacBook Pro.